O bioquímico Suresh Alahari, da Louisiana State University School of Medicine in New Orleans, participou da última edição do Seminário de Oncobiologia. O pesquisador veio falar sobre uma proteína chamada niscarina (do inglês nischarin), descrita e estudada por ele a mais de 20 anos, e sua relação com o câncer de mama. O grande objetivo do pesquisador é desenvolver uma nova linha de tratamento.
A matéria completa está no nosso site: http://oncobiologia.bioqmed.ufrj.br/noticias_onconews_detalhes.asp?ID=897
Há 6 horasVer no facebook



Notícia chegando sobre câncer de boca.
Pesquisadores do Centro Nacional de Pesquisas em Energia e Materiais identificaram proteínas presentes na saliva que estão relacionadas a proteínas presentes nas células dos tecidos do tumor. O objetivo dos cientistas é criar parâmetros que possam antecipar a detecção do câncer de boca e também identificar a gravidade da progressão da doença.
O grupo de pesquisadores - que reúne diversas instituições de SP - publicou um artigo na revista Nature Communications, e foi notícia da Agência FAPESP, confira a matéria!
14 de dezembro às 7:00Ver no facebook



Você viu a novidade? O Ministério da Saúde publicou na semana passada um grande mapeamento da mortalidade por cânceres relacionada ao trabalho. E está disponível para download gratuito.
"Estudos mais recentes atribuem a fatores ambientais e ocupacionais cerca de 19% de todos os tipos de câncer . Dentre estes fatores, cerca de 900 agentes cancerígenos são costumeiramente identificados e avaliados pelo seu potencial carcinogênico no local de trabalho, sendo a exposição à maioria deles absolutamente evitável", afirma o texto.
A publicação relaciona 18 tipos de cânceres efetivamente ligados à atividade diária dos trabalhadores, seja pela ocorrência de um longo período de exposição a fatores ou condições de risco do ambiente de trabalho.
12 de dezembro às 7:00Ver no facebook



O professor Andre Luiz Mencalha, do Instituto de Biologia da UERJ, fala sobre as atividades do laboratório que coordena. Lá, são realizadas pesquisas sobre as características químicas das células do câncer de mama triplo negativo, um tipo agressivo e resistente à quimioterapia.
O pesquisador esteve presente no Seminário de Oncobiologia de novembro, em uma edição que reuniu diferentes estudos sobre a relação do reparo de DNA com o câncer, veja um breve registro em nosso site: http://oncobiologia.bioqmed.ufrj.br/noticias_onconews_detalhes.asp?ID=895
10 de dezembro às 8:33Ver no facebook



A nova edição da Revista Rede Câncer, do INCA, traz como destaque a tramitação do projeto de lei que flexibiliza legislação sobre agrotóxicos no país e coloca em risco a saúde da população.
"Uma das principais alterações propostas no PL 6.299/2002 limita a proibição de registro de agrotóxicos a situações de risco inaceitável para os seres humanos ou para o meio ambiente, ou seja, quando o uso permanece inseguro mesmo com a implementação das medidas de avaliação e gestão de risco, em oposição aos critérios de regulação da Comunidade Europeia – alterados recentemente, de risco para perigo –, igualando-os aos previstos na lei em vigor no Brasil. ' O projeto tem diversos pontos problemáticos. Pensando em termos de danos relacionados ao câncer, a principal questão diz respeito à eliminação dos critérios de proibição de registro de agrotóxicos com base no perigo inerente às substâncias, como carcinogenicidade, mutagenicidade, teratogenicidade e desregulação endócrina' , explica Marcia."
Para acessar o índice da revista e conhecer essas e outras matérias, clique em: https://www.inca.gov.br/publicacoes/revistas/revista-rede-cancer-no-42
7 de dezembro às 6:00Ver no facebook



Usar celular no escuro provoca câncer no olho? Água de côco morna cura o câncer? Chá de folha de graviola?
O programa Fantástico deste domingo falou sobre um tema muito caro para nós, cientistas & divulgadores de ciência: as fake news sobre saúde. Do total de notícias falsas checadas pelo Ministério da Saúde, 15% são relativas à cura do câncer.
Não se deixe enganar, busque fontes de informação seguras e confiáveis, e não repasse dicas milagrosas sem conhecer a verdadeira fonte.
5 de dezembro às 7:00Ver no facebook



Alimentos cultivados com agrotóxicos provocam câncer?
Conversamos com a professora de segurança de alimentos, Maria Lúcia Lopes, do Instituto de Nutrição da UFRJ, sobre agrotóxicos, sistema de produção de alimentos e câncer. Ela alerta sobre a dificuldade de produzir pesquisas científicas que, isoladamente, comprovem que o câncer é provocado por agrotóxicos presentes nos alimentos. "É importante que as pessoas fiquem atentas, investir na saúde de forma preventiva não é frescura. E a escolha dos alimentos que consumimos é decisiva", afirma Maria Lúcia.
Estão tramitando na Câmara dos Deputados dois projetos de lei que vão em direções totalmente opostas sobre este assunto: um que flexibiliza e facilita o uso de agrotóxicos, mesmo sem aprovação de órgãos do governo, e outro, que restringe o uso dos agrotóxicos e incentiva a produção orgânica e agroecológica.
Saiba mais e confira a entrevista completa no nosso site: http://oncobiologia.bioqmed.ufrj.br/noticias_onconews_detalhes.asp?ID=896
3 de dezembro às 8:46Ver no facebook



Esta semana, o Ministério da Saúde divulgou dados sobre a mortalidade do câncer infantil no país. De acordo com o Ministério, o número de crianças, de 0 a 14 anos, que faleceram pela doença apresentou queda de 13,4%, entre os anos de 2006 e 2016. Mas apesar disso, o câncer ainda é a primeira causa de morte, entre as doenças, que afetam as crianças de 5-14 anos, mesmo com a redução do número de mortes e da taxa de mortalidade.
O release completo - que fala também sobre o atendimento que o SUS oferece, gratuitamente, às crianças - está no link: http://portalms.saude.gov.br/noticias/agencia-saude/44820-obitos-de-criancas-por-cancer-reduz-13-em-10-anos
(A linda ilustração deste post é da Melissa Bailey, do livro "Jamie's Journey")
30 de novembro às 15:39Ver no facebook



O #NovembroAzul está chegando ao fim - mas dá tempo de relembrar da importância do exame preventivo contra o Câncer de Próstata. Quando o câncer é descoberto logo no início da doença, as chances de cura chegam a 90%.
Veja o nosso super infográfico deste mês, e compartilhe! E, claro, converse com seu médico!
26 de novembro às 15:30Ver no facebook



Mais uma novidade vinda de São Paulo: pesquisadores do Instituto de Física de São Carlos, da USP, criaram um biossensor capaz de detectar o Vírus do Papiloma Humano (HPV-16) no organismo humano. A detecção precoce pode servir de alerta para o paciente fazer um tratamento e evitar que os cânceres associados ao HPV - como de cabeça e pescoço - se desenvolvam.
O estudo foi realizado em parceria com o Hospital de Câncer de Barretos (interior de São Paulo), da Universidade Estadual de Maringá (UEM), no Paraná, e da Escola de Saúde da Universidade do Minho, em Portugal.
23 de novembro às 6:00Ver no facebook



Ver mais no Facebook