Supressão ou promoção: eis a questão
Resultados preliminares de pesquisa da bióloga Eliane Barros, do Programa de Oncobiologia da UFRJ e bolsista da Fundação do Câncer, indicam que genes descritos como repressores do tumor de próstata, que foram até mesmo usados como vacina para reprimir a neoplasia, podem, na verdade, aumentar o problema quando o tumor se estabelece no tecido cerebral. Confira:
https://goo.gl/U8hkys
Há 18 horasVer no facebook



O colunista de Saúde da Rádio CBN Luis Fernando Correia explica que é preciso cautela com terapias alternativas que não têm comprovação científica.
Um estudo mostrou que, enquanto 80% das pessoas que seguiam tratamentos convencionais tinham sobrevida de cinco anos, esse índice era de apenas 54% entre os que escolhiam métodos sem base científica.
17 de abril às 20:30Ver no facebook



O remédio recém-aprovado pela Anvisa inativa mutação no gene FLT3, que ajuda a produzir as chamadas "células leuquímicas". Essas células assumem o lugar das células sanguíneas normais produzidas pela medula óssea, levando a uma série de sintomas, como fadiga, fraqueza, tonturas e falta de ar.
15 de abril às 19:00Ver no facebook



Dados divulgados pelo Instituto Cancer Research UK, que analisou ocorrências de câncer registradas no Reino Unido, mostram que mais de 2,5 mil casos da doença por semana são evitáveis.
O tabaco ainda é a maior causa, mas a incidência de tumores relacionados a obesidade vem aumentando. Confira na reportagem de O Globo.
12 de abril às 20:30Ver no facebook



USP testa 'pomada' quimioterápica aliada a choque de baixa intensidade para tratar câncer de pele
Tratamento tópico promete ser menos agressivo e mais eficaz que a quimioterapia convencional. Testes in vitro são realizados na faculdade de ciências farmacêuticas de Ribeirão Preto (SP).
O novo tratamento ainda não foi testado em humanos, apenas em camundongos. Parte dos roedores recebeu o remédio por meio de injeção subcutânea – como na quimioterapia convencional – e os demais por aplicação tópica associada à iontoforese.
Para ler a reportagem completa, acesse o link do G1 http://ow.ly/Vh9f30jgTAk
11 de abril às 20:40Ver no facebook



Hoje, dia 08 de abril, é Dia Mundial do Combate ao Câncer
Esta data visa conscientizar a população mundial sobre os cuidados de prevenção da 2ª doença que mais causa óbitos em todo o mundo: o câncer, também conhecido por neoplasia.
As causas para o surgimento do câncer podem ser as mais variadas possíveis, desde as ambientais - como o próprio ambiente, a poluição, os costumes e/ou hábitos que os indivíduos possuem - até características individuais, genéticas e hereditárias.
8 de abril às 10:25Ver no facebook



O Câncer com ciência se juntou ao Cura pela Natureza e quer saber sua opinião.
Se você utiliza o Pinterest e segue conteúdo de alimentos, adoraríamos que pudesse responder ao nosso questionário de apenas 1 minuto!
Para aqueles que puderem contribuir, ficaremos imensamente felizes\ud83d\ude00. Para os que não puderem, também agradeceremos se passarem adiante!
6 de abril às 10:45Ver no facebook



Estilo de vida e câncer
Apesar das evidências de que taxas de mortalidade por câncer nos Estados Unidos estão em declínio, o número absoluto de novos casos da doença e as mortes continuam aumentando, mas por quê?
Um estudo de pesquisadores de um dos mais renomados centros de pesquisa mundial em câncer, o MD Anderson Cancer, dos Estados Unidos, fez um levantamento de vários artigos e mostrou as evidência claras que certos comportamentos humanos estão influenciando esses aumentos.
Os 4 principais fatores de estilo de vida que continuam causar certos tipos de câncer são: uso de tabaco, uma dieta inadequada, pouco ou nenhum exercício físico e exposição à radiação ultravioleta. Os 4 interferem nos processos fisiológicos do corpo humano e podem levar as células a se transformarem em malignas.
Portanto, se mudanças no comportamento humano forem adotadas, o seu papel na prevenção da doença está sendo feito.
Você já assistiu ao nosso vídeo de animação “Do álcool e seus demônios”? Neste vídeo, mostramos como a indústria da propaganda ludibria você com as propagandas sobre bebidas alcóolicas. Veja em http://ow.ly/VpKs30j9XVN
Para ler o artigo dos pesquisadores do MD Anderson Cancer na íntegra, entre no link http://ow.ly/40h630j9XXy
4 de abril às 20:35Ver no facebook



Quanto o câncer custa à economia brasileira?
Uma pesquisa da Agência Internacional para Pesquisa do Câncer (IARC, na sigla em inglês), órgão ligado às Nações Unidas, mostra que o câncer no Brasil custa R$ 15 bilhões todos os anos, ou 0, 21% de toda riqueza gerada no país.
De acordo com reportagem da BBC Brasil, o impacto humano da doença é bem conhecido: são mais de 225 mil mortes no Brasil a cada ano.
Este estudo é inédito pois mediu as perdas que a doença impõe à economia, levando em conta o recuo na produtividade causado pelos 87 mil óbitos registrados na população ativa - ou seja, pessoas com idade entre 15 a 65 anos e que ainda trabalham ou poderiam trabalhar.
O cálculo divulgado pelo IARC/OMS considera a renda média dos profissionais, quantos anos deixaram de ser trabalhados e com quanto eles poderiam ter contribuído economicamente por meio de salário e emprego até o final da carreira.
O impressionante é que esse valor não leva em conta crianças, pessoas que estavam em idade de aposentadoria e os gastos de saúde com os doentes.
O mais impressionante é que muitos casos poderiam ter sido evitados se hábitos de vida saudáveis fossem adotados, ou pelo menos a procura por diagnósticos precoces, quando a doença pode ser tratada de forma mais eficiente.
Para ler a reportagem completa, acesse o link http://ow.ly/ZBNP30ja1Tj
2 de abril às 19:25Ver no facebook



Interstício, o 'novo órgão' do corpo humano que a ciência acaba de descobrir pode ajudar a entender a metástase do câncer.
A descoberta foi feita por pesquisadores da Escola de Medicina da Universidade de Nova York, e publicada em um importante periódico científico, o Scientific Report.
Para saber mais sobre a nova descoberta, acesse o link http://ow.ly/L2oH30je9ms
29 de março às 20:30Ver no facebook



Ver mais no Facebook